Páginas

quinta-feira, março 19, 2009

Nudez

Levanto o véu da verdade,
colado ao parecer,
para deixar de o ser.
Assim, só há uma cor,
a que trago vestida,
para quem quiser ver.
E, dessa cor faço lema,
mesmo nalgum dilema,
avanço, ergo a face,
realço a firmeza
do gesto, nesta certeza
de viver assim vestida,
de cor, na emoção sentida.


maria eduarda

3 comentários:

solange disse...

Muito bem!!! É assim que gosto de ouvir. E «Tenho dito!»

Anabela Magalhães disse...

Que lindo, Dudú! Amei. :)
A ver vamos se é desta que a Elsa D deixa rasto por aqui!!!

didium disse...

Obrigada Sol e Anabela.
Merci!