Páginas

quarta-feira, maio 06, 2009

A missanga, todos a vêem.

Ninguém nota o fio que, em colar vistoso, vai compondo as missangas.

Também assim é a voz do poeta:
um fio de silêncio costurando o tempo.

Mia Couto

6 comentários:

dinamene disse...

A foto é da Marta!

solange disse...

Pensei que era tua!!!
Mas a neta é minha :)
Jinhos <3

didium disse...

"Ninguém é de ninguém", sem ofensa, lembrei-me agora desta certeza!
:D

dinamene disse...

Sem dúvida, somos de nós mesmos, pois então!
Mas essa neta é da Solange :D

Bjokas

didium disse...

Pois é, essa netinha é mesmo da SOL!

:D

solange disse...

Concorso absolutamente com a máxima "Ninguém é de ninguém".
E olha que penso nisso algumas vezes!
Beijocas :)