Páginas

quinta-feira, maio 21, 2009

Luz

Lanço o meu olhar
até ti.
Envolvo-te em esperança,
embalo-te no verde
para agarrares a vida,
fugidia, vadia!
Recolhe na ramagem
o brilho da cor,
veste-te assim,
nudez colorida,
essência sentida!
maria eduarda

4 comentários:

dinamene disse...

Mas que bela “Luz” colorida,
verde esperança….

E, já agora, gosto dos Plátanos…
Lembram-me a rua dos meus avós, o caminho até à praia!
Trazem-me saudades deles, saudades boas.

didium disse...

É o plátano do meu quintal. Acho que me provoca alergia! :(

Lita disse...

Delicioso, este post.
Obrigada!

didium disse...

Beijinhos Lita!