Páginas

quinta-feira, abril 30, 2009

Alternativa

E há o grão,
a areia fina,
o caminho estreito,
que enfileira o chão.
E há o passo,
apressado ou não,
resoluto ou em vão.
E há a vontade
de pisar a razão
com o sapato apertado,
calçado agora,
a estrear a emoção.
E há o eu,
escolhido na sandália,
no respirar, na leveza
de tomar como certeza,
uma diferente decisão.

maria eduarda

2 comentários:

EMD disse...

Como transmutas bem as coisas em emoções, sentimentos...

didium disse...

Obrigada!