Páginas

terça-feira, abril 21, 2009

Sobre os meandros do ser humano..

Foto:G.Ludovice

Há algo na absurda mente humana que reage admiravelmente à ideia de raridade - em especial a raridade de condições capaz de produzir um dado fenómeno. Quanto mais improvável é que alguma coisa aconteça, mais maravilhosa parece quando acontece, por mais inútil ou perniciosa que seja. O facto de ter acontecido, apesar de improvável, torna-a num acontecimento precioso. Não devia ter acontecido, mas aconteceu, e uma pessoa tem de admirar a cadeia de circunstâncias que permitiu que o impossível acontecesse.
in: Paul Bowles, Deixa a chuva cair

6 comentários:

solange disse...

Para reflectir, com tempo. Sinto que tenho observado e sentido, algumas vezes, essas improbabilidades que acontecem!

solange disse...

A foto é magnífica!!! Para quando a exposição e em que galeria???

Quanto aos fenómenos raros e improváveis, nem todos serão maravilhosos ou preciosos.
Há acontecimentos que nunca deveriam acontecer e, sendo tão raros e catastróficos, não me parece possível (falo por mim) admirar a cadeia de circunstâncias que permitiu que acontecessem!!!

Mas compreendo a frase e aplica-se em mil e um contextos!

G. Ludovice disse...

Obgda Solange. :)

..ainda assim, mesmo nos acontecimentos totalmente indesejáveis, fica um certo pairar dos olhos, não achas? uma tentativa de percorrer os caminhos até ali, p uma possível busca de sentido p o terrível, qd acontece..

solange disse...

Sem dúvida!!!
Muitos caminhos percorridos até ali, com ajuda da nossa prodigiosa imaginação,insistentes buscas de sentido nas mais pequenas coisas reais,muitas interrogações sem resposta, respostas que inventamos e em que queremos acreditar.
O texto de Paul Bowles é magnífico! E também se aplica a coisas boas, de que não estamos à espera. Felizmente, também esses momentos improváveis acontecem! Então, são deliciosos e, por vezes, nem queremos perceber como é que aconteceram!

didium disse...

Sim senhora, uma pessoa ausenta-se, e as meninas conversam e conversam. :D

solange disse...

Onde andas, que não te encontro? :)
Na 5ªf n vais poder "escapar". Júri no "Concurso d Leitura"!!!