Páginas

segunda-feira, abril 06, 2009

Saudades

Saudades.
Saudades até do que ainda não conheci.
Saudades dos cheiros, dos sabores. De todas aquelas imagens que ecoam na minha cabeça, quais cenários paradisíacos extraídos deste ou daquele mundo paralelo.
O já habitual sabor da vertigem, misturado com especiarias já por si exóticas, que complementam um quadro de beleza extrema.
E no fim do labirinto: Tu.

2 comentários:

didium disse...

Que belo texto, meu irmão caçula!
Gosto muito que apareças!
Beijos

dinamene disse...

"Saudades do que ainda não conheci"
Que lindo!