Páginas

segunda-feira, abril 13, 2009

Algumas definições (Fragmento)

Flor: ser frágil que cresce
quando menos se espera.

Morte: para alguns o fim;
para outros o princípio
- o poeta abstém-se,
pois não se lembra de já ter morrido
Mulher: ?
Pão: massa de farinha água e sal
cozida no forno e que
além de várias formas
recebe nomes diversos
- às vezes quando falta
provoca revoluções
Pedra: obstáculo se no meio do caminho
arma para abrir caminhos
Poesia: ofício doloroso que consiste
em semear mentiras em desertos
para que delas cresçam as verdades mais puras
Vida: aventuratragédiasonhopesadelo:
casco de navio tantas vezes podre
a que se agarra o náufrago
João Melo "Auto-retrato"

5 comentários:

solange disse...

A flor é campestre.
Chara ou esteva?
Estas flores enchem a planície alentejana nesta época do ano.
O meu pai chama-lhe chara, denominação na região onde ele nasceu.
Conheço-a também por esteva.
Nascem por todo o lado, deixando-se fotografar singelas e fragéis, parecendo bastante robustas. Desfazem-se ao mais leve toque.

didium disse...

Seja bem aparecida!
Conheço-as como estevas.
Bj

solange disse...

Olá, amiga
Hoje só me apetece ler poesia!!! Das tuas, maravilhosas, também, mas c pouca inspiração para comentar. Há dias assim.
Este poeta é sublime (e nosso conterrâneo). Vá, coloca lá o rosto dele na galeria.
Bom fim(zinho) de férias (ou pausa lectiva :>)????)

didium disse...

Chama-se PAUSA LECTIVA!
É isso, não é???

solange disse...

E as definições?!
E se começássemos a definir tudo?
Escola:
lugar mágico onde se dá e se recebe, onde se aprende e se brinca, onde se pensa e opina, onde se cresce e se envelhece!