Páginas

segunda-feira, outubro 05, 2009

Sorrir assim...

Sorrir assim, é sentir a infância liberta de perigo, resguardada no colo, sossegada nas mãos que amparam a criança.
Sorrir assim, é a inocência de não pensar, de tomar como certo o momento precioso da ternura contagiante.
Sorrir assim, é saber que, com toda a certeza, as mães são eternas nas marcas profundas que deixam, resultantes do amor que investem, porque amam incondicionalmente.

2 comentários:

Anabela Magalhães disse...

Belíssimo e comovente texto, Dudú!
Hei-de levá-lo para o meu blogue...
Beijinho

didium disse...

Leva!
Beijocas.