Páginas

domingo, janeiro 03, 2010

Nota nostálgica


(autor desconhecido)
Neste novo ano tiro a nostalgia do meu eu interior e, guilhotinada, lanço-a ao mar em noite de lua cheia. Tal claridade permitir-me-á verificar o seu desaparecimento nas ondas revoltas, que a conduzirão para além da curva do Mundo.
maria eduarda

9 comentários:

Andy disse...

Tão bonito...
bjinho

Lita disse...

Adorei.

www.angeloochoa.net disse...

Talvez lhes interesse ver os 14 (catorze) dos 16 (dezasseis) vídeos que ontem e hoje postei na YouTube.
Seguem os links para visionarem os mesmos:
http://www.youtube.com/watch?v=VTPh2JBjYSc
http://www.youtube.com/watch?v=2GZqJG9Fnyk
http://www.youtube.com/watch?v=zMa9P93bol8
http://www.youtube.com/watch?v=Q0IGpr9w-74
http://www.youtube.com/watch?v=H9__w3QJmMU
http://www.youtube.com/watch?v=5pAjjMNcxqI
http://www.youtube.com/watch?v=kYzRIB-REDM
http://www.youtube.com/watch?v=FnpGpcIgjr0
http://www.youtube.com/watch?v=ACeoOx8cjNA
http://www.youtube.com/watch?v=IamKH6W50e0
http://www.youtube.com/watch?v=sLcxhYyAnKc
http://www.youtube.com/watch?v=nvDI60aPWHI
http://www.youtube.com/watch?v=BV2763mVu4E
http://www.youtube.com/watch?v=rfX_Jpgq1VM
http://www.youtube.com/watch?v=6kdF5OB4kAM

(Agradece (o Ochoa) que divulguem a bem da poesia e da alegria!)
Com o meu muito obrigado a Helder Barros amigo de sempre e a Graça Ochoa flhota actriz de meu coração!
E obrigado também, muito obrigado, a Maria Eduarda, pelo palanque...

blackhill disse...

A melancolia também é um sentimento que nos liberta das angústias diárias ... sentir é viver!

maria eduarda disse...

Obrigada Andy e Lita.
Vou visioná-los Angelo.Um abraço!

maria eduarda disse...

É verdade Black, faz-nos reflectir.

G. Ludovice disse...

...antes da curva do mundo..
bj

www.angeloochoa.net disse...

Antemanhã:
Pousa um bufo-real a meio metro de mim,
fita-me dum pranto fundo,
familiar há milénios luz pelas cercanias,
olha-me, e ameaça;
abertas a ele as portas do meu coração,
voa de dentro de meu peito forte
para a liberdade farpada do arame que nos fere;
nítido ainda o registo em foto flash,
a devorar-me os olhos morte
na noite prolongada.

www.angeloochoa.net disse...

Não se julgue que não é cão,
porque cão mesmo é,
ao nível do chão,
captado por seu Ochoa dono,
com zoom máximo e flash Sony,
ao nível mesmo mais são do pobre chão.
«Sai depressa cão deste poema…»
Mas cão não é nem nunca será macacão.