Páginas

sexta-feira, janeiro 29, 2010

Celebração

Emotional Dance
Robert Duval



Saúdo-te

tempo de glória,

de regozijo.

Embala-me

sem demora,

devolve-me a paz,

hoje, agora.

E celebrarei

o presente,

neste tempo,

nesta aposta,

num hino à vida.


maria eduarda

6 comentários:

blackhill disse...

Gostei ....

maria eduarda disse...

Obrigada!

solange disse...

Querida amiga, num hino à vida, conta comigo!!! :))
Escreves cada vez melhor. Fico orgulhosa por ter uma amiga a escrever assim, com emoção e beleza nas palavras.
Bjo.

maria eduarda disse...

Sol,
Seja bem aparecida, já me estava a sentir muito só.
Bjo

www.angeloochoa.net disse...

...Para a Maria Eduarda, com bjnhs meus, dedico um poeminha, a cujo estado de espírito, que o gerou, uma manhã numa Rua de Quarteira, corresponde emoção semelhante à do seu textozinho em causa, que gostaria que lhe chamasse HINO À VIDA:

Tempo pleno,
poema a que nada falta.
Hoje inteiro o dia completude.
Embarque solidário.
Voe até a ponto igual
a onde estou,
em retorno a mim.
Donde vim e vou sou,
esclarecendo olhares,
derramados,
cada lance;
indizível sabor,
clara verdade.
Enquanto risca o vidro
num voo curvo
a ave.

maria eduarda disse...

Obrigada Ângelo. Vai para o corpo do blogue.