Páginas

quarta-feira, março 03, 2010

“O Planalto e a Estepe”, o último livro do Pepetela. Se n fosse o factor tempo, leríamos, sem parar, da primeira à última linha. E ficamos com vontade de voltar atrás e reler alguns parágrafos!!!
A história começa no Lubango, Sul de Angola, anos 60. Atravessa os tempos até aos nossos dias, passando pela União Soviética, Mongólia, Argélia e Cuba. A infância de Júlio, personagem-narrador, logo no início da história, emocionou-me muito, não só porque me leva a lugares bem familiares, mas também porque, sendo as personagens ainda crianças, tudo as encanta, lhes desperta a curiosidade e a amizade sobrepõe-se a todos os preconceitos.
De palavra em palavra, chegamos a Portugal, à URSS e a uma bela e sofrida história de amor. Amor impossível, porque vivido numa época em que as ideologias estavam acima dos indivíduos e dos seus sentimentos mais puros.
Baseado em factos reais, sem mais palavras, garanto-vos que é um livro que se lê e não se esquece.

1 comentário:

didium disse...

E eu acredito em ti. Estou a ler "A viagem do elefante".;)