Páginas

segunda-feira, julho 06, 2009

Coisas que se pensam quando qualquer outra coisa seria menos inútil

Penso e tudo o que é em mim uma linha se acanha como se quisesse ser curta.
Coloco com ainda toda a vontade, a razão dentro desse fio que parece dobrar-se sobre si próprio, num lance último de perspicácia ou de aflição.

Sou ave de novo.

3 comentários:

didium disse...

A nossa Gabi está aborrecida, voou para Azeitão...
Força!

solange disse...

Com vontade/optimismo e acreditando que muitas coisas boas irão acontecer, "as tais que o futuro ainda nos reserva", vais gostar de voar de novo. Um novo desafio à tua espera, pessoas novas para conhecer em directo, vais ver que, no próximo ano, estarás a dizer-nos que a experiência de "caminhar" todos os dias para a outra banda está a ser óptima. Azeitão, terra das famosas tortas, de bom vinho, com vizinhos "famosos"!!!
Viajada como és, isso n vai ser nada. Desejo que o "sacrifício" valha a pena e que, em quatro anos, fiques ainda mais "rica"!

G. Ludovice disse...

A vida não quer que me aborreça e os amigos salvam-me disso com seus calores próprios. E depois existem ainda os rebuçados cósmicos, que rasteiram qualquer franzido de testa mais teimoso. E a rolha que só vem quando já não há luta...

Agradecida de coração.