Páginas

sexta-feira, julho 03, 2009

97


Hoje celebrámos os 97 anos do meu avô João Ribeiro, que soprou as velas com um sorriso no rosto…

Tantas histórias e afectos que ele tem, que davam para escrever mais que um livro!!
Que pena que tenho de não poder escrevê-las todas, porque não possuo as suas memórias e, apesar de ter ouvido muitas, me lembro de muito poucas. Não saberia descrevê-las com os pormenores e a emoção com que sempre as contou aos netos. Um dia escreverei alguma….

Agora, ao aproximar-se mais dos 100, já se curva perante a Vida, aninha-se no seu corpo vivido mas vulnerável numa posição (quase) fetal, como um bebé, tão aparentemente frágil, tão grandioso.
Sempre lúcido, atento, agora mais virado para ele próprio, ele que sempre nos deu tanto, tanto, TANTO.

Parabéns Avô!

Dinamene