Páginas

segunda-feira, junho 21, 2010

Parabéns Pai

Apreciaste a última prenda que te oferecemos. Sorriste e olhaste as horas presas no teu pulso. Muitas horas têm passado desde então. Continuo a vivê-las e a lembrar-me do teu sorriso agradecido, do teu olhar atento, que se fixava na minha face.

Hoje é chegada a hora do beijo e do abraço de parabéns. Estarás por aí, sorrindo para mim, para nós, não te preocupes com as horas, eu estou atenta, e hoje mais que nunca.

Parabéns Pai!
Eduardinha(era assim que ele me chamava)

6 comentários:

G. Ludovice disse...

Um abraço, desde aqui !!

Em@ disse...

E o nosso beijinho de chicoronhas, Eduardinha.

Anabela Magalhães disse...

Sentido e belo. Compreendo-te.
Beijinhos fofinhos, Linda!

dinamene disse...

Eduardinha, comovente e belo...

solange disse...

Xi-<3 apertadíssimo!!!

didium disse...

Beijocas a todas!