Páginas

sexta-feira, agosto 14, 2009

Morre lentamente...




Morre lentamente quem não viaja,
Quem não lê,
Quem não ouve música,
Quem destrói o seu amor-próprio,
Quem não se deixa ajudar.
Morre lentamente quem se transforma escravo do hábito,
Repetindo todos os dias o mesmo trajecto,
Quem não muda as marcas no supermercado,
não arrisca vestir uma cor nova,
não conversa com quem não conhece.
Morre lentamente quem evita uma paixão,
Quem prefere O "preto no branco"
E os "pontos nos is" a um turbilhão de emoções indomáveis,
Justamente as que resgatam brilho nos olhos,
Sorrisos e soluços, coração aos tropeços, sentimentos.
Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz no trabalho,
Quem não arrisca o certo pelo incerto atrás de um sonho,
Quem não se permite,
Uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos.
Morre lentamente quem passa os dias queixando-se da má sorte
ou da Chuva incessante,
Desistindo de um projecto antes de iniciá-lo,
não perguntando sobre um assunto que desconhece
E não respondendo quando lhe indagam o que sabe.
Evitemos a morte em doses suaves,
Recordando sempre que estar vivo exige um esforço muito maior
do que o Simples acto de respirar.
Estejamos vivos, então!

Martha Medeiros

7 comentários:

Jorge disse...

Este texto é de Pablo Neruda?

http://www.elmundo.es/elmundo/2009/01/11/cultura/1231703063.html

http://www.revistaopcion.com/web/2009/01/12/crece-difusion-en-internet-de-falso-poema-de-neruda/

http://www.laprovincia.es/secciones/noticia.jsp?pRef=2009011100_15_201265__Cultura-Vamos-contar-mentiras-Internet

http://www.abc.es/20090111/cultura-literatura/muere-lentamente-falso-neruda-200901111836.html

http://www.estadao.com.br/noticias/arteelazer,falso-poema-atribuido-a-neruda-e-da-brasileira-martha-medeiros,306181,0.htm

didium disse...

Jorge,

Já me tinha apercebido do surgimento de questões sobre a autoria deste poema. Por acaso ia hoje investigar a questão. Obrigada!

dinamene disse...

Pensei mesmo que era de Neruda.... Incrível, hã?

De qq modo, o poema é belíssimo!....

Bjos e optimo dia p vocês.

Jorge disse...

Muito OBRIGADO! Ler é Viver e Ler Bem é Viver Melhor!

Não querendo eu ser maçador, e já agora, dê uma olhada quando tiver tempo:

http://lendosempre.blogspot.com/2008/12/amizade.html
http://www.blassoc.com.br/bettyvidigaltextovm.htm
http://www.revista.agulha.nom.br/autoria.html
http://www.revista.agulha.nom.br/vm4.html#procura
http://www.pensador.info/autor/Paulo_Sant'Ana/

Saudações calorosas (com o calor que está...)

didium disse...

Jorge,

Com o calor que está, ainda mais baralhada estou. Que grande confusão. Afinal, andam muitos de nós enganados!

dinamene disse...

Olá!

Ler Bem não é maçador....
Podem ter a certeza, que dp disto não publico nada sem a certezinha absoluta da autoria ;)

Enfim, a net pode mmo levar-nos a erros! Estamos sempre a aprender!

Didium, atenção, atenção, não vejas um dos teus belos poemas a circular na net com o nome de outro autor :D
Por isso mesmo: queremos um livro, em papel, com os poemas, as prosas, os pensamentos da Maria Eduarda.

Bjokas

didium disse...

Dinamene,


E por vezes pensamos ter a certeza da autoria, e estamos enganados.

És uma querida, beijocas!