Páginas

domingo, setembro 06, 2009

Resolução

http://olhares.aeiou.pt/o_portalda_simplicidade_foto2715132.html

A campainha da porta
oferece-se ao toque
hesitante no gesto,
no soar inaudível,
ou no refreio da mão?
A espera do minuto,
a opção segunda,
o bater forte da mão,
força contida,
hesitação renovada.
Grotesca a resolução,
o virar das costas
em direcção ao portão.
maria eduarda

2 comentários:

Andy disse...

Adorei o poema...
e o blog está cada vez mais um mimo.
Bjinhos

didium disse...

Obrigada Andy! ;)