Páginas

sábado, setembro 12, 2009

Eleição

Flowers and Stones ...
Neil Emmerson
Tomei-te por pedra,
ao acaso jogada,
no meu percurso,olhada.
Retrocedi,
alisei-a, recuperei-a,
e agora com outro fim,
depositei-a bem no centro
do meu jardim.
Aí detenho-me
diariamente, no lazer,
no tratar, no embelezar.
A pedra roliça
adorna o canteiro,
e encanta-me a mim,
na primeira função,
da mensagem do recanto,
em lugar eleito
de meditação.

maria eduarda

8 comentários:

solange disse...

Que lindo poema!!!
A escreveres assim, fico a gostar cada vez mais de poesia.
Bjo

didium disse...

Lá estás tu! :)

Sempre gostaste muito de poesia, amiga!

Andy disse...

Adorei o poema e a imagem também!

Andy disse...

Bjinhos

didium disse...

Obrigada Andy!

Anabela Magalhães disse...

E eu também adorei o poema.
Gostava de saber escrever assim...

didium disse...

Um abraço Anabela!

Anabela Magalhães disse...

Dudú
Vais à manif?