Páginas

segunda-feira, fevereiro 14, 2011

Por inteiro


Não sei rir,

sem motivo.

Não sei partir,

estando inteira.

Não sei sofrer,

em metades.

Em tudo o que faço,

em tudo o que sinto,

sou toda,

plena de vontades.



maria eduarda

12 comentários:

Anabela Magalhães disse...

Que bonito, Dudú! E que contente fiquei por te ver reaparecer lá no meu blogue...
Fazia tempo que não te lia...
Já agora aproveito para te dizer que amanhã tomo café com o Clapinho...
Beijinhos, Linda, e fica bem!

EMD disse...

Celebro o teu renascimento, Dudú. Amei de verdade este poema! Tanto que o levei.
Um abração, amiga.

Em@ disse...

Isso, inteira e como te quero, patrícia!
lindo o teu poema. Gostei. muito. e quanta saudade já tinha te te ler assim.
deixo-te o nosso beijinho de chicoronhas.

Tchim...tchim!

didium disse...

Obrigada minhas lindas!É muito bom saber que deram pela minha ausência.Um abraço forte!

Jefhcardoso disse...

Bom dia Maria Eduarda!
Lindo o seu poema! Fez me lembrar uma frase de Rubem Alves: "Tudo que escrevo é sempre uma meditação sobre mim mesmo"
Abraço.

“Para o legítimo sonhador não há sonho frustrado, mas sim sonho em curso” (Jefhcardoso)
Gostaria de lhe convidar para que comentasse a minha crônica “Milk shake de micose”. Ok?
Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com

didium disse...

Obrigada Jefhcardoso. Já visitei o seu blogue, e gostei!

G. Ludovice disse...

belo, Didiu !!
recomeçamos a jornada ?
e n importa se partidas ou inteiras, desde que com o pé na estrada.. as paisagens farão o seu trabalho lá dentro do caminhante.
beijinhos

didium disse...

Beijinhos Gaby.Recomeçamos sim!

solange disse...

Querida amiga
Estou completamente rendida à beleza interior q emanas!!!
Também já tinha saudades tuas, muitas. Continuarei a ter, porque te quero d volta a outros espaços :-)).
O meu tempo n é o que era. No entanto, c novo arranque, contigo PRESENTE, pelo menos virei aqui visitar-te. Temos blogues criados na escola, p cumprir o PNL. Ai, ai, n sei n!!!
Mas adoro ver-te inteira e com vontade.
Beijão <3.

didium disse...

Obrigada Sol! Também tenho saudades tuas! Beijos

Aileen disse...

Tão bonito o poema!

didium disse...

Obrigada Aileen!