Páginas

sexta-feira, fevereiro 18, 2011

Da vida


daqui

Ouço os passos da noite

pesados de escuridão,

na letargia do sono.

Imóvel,

sustenho a luz

que me invade

e me liberta

para a vida.



maria eduarda

4 comentários:

EMD disse...

Afugenta a escuridão, Dudú. Segura bem essa luz.
Um abraço grande, grande.

EMD disse...

Afugenta a escuridão, Dudú. Segura bem essa luz.
Um abraço grande, grande.

EMD disse...

E prontus! Lá me multipliquei de novo.

didium disse...

Deixa lá Elsa! Um abraço grande para ti!